Certificação

FAPCEN Participa das Primeiras Auditorias de Escritório da RTRS

No mês de maio foram realizadas as primeiras auditorías de escritório, por meio da metodologia estabelecida no Guia RTRS para Auditorias de Escritório V1.0, que permite a verificação de 100% dos indicadores dos padrões de produção e cadeia de custódia em auditorias de seguimento ou de recertificação.

Este procedimento é uma alternativa transitória e confiável desenvolvida pela Round Table on Responsible Soy Association (RTRS) para continuar garantindo a produção, o comércio e o consumo de soja responsável no contexto da atual contingência global.

Para preservar a credibilidade da certificação RTRS e o nível de asseguração do processo de verificação, os Organismos de Certificação buscaram novas alternativas para a coleta de informações que permitem avaliar e verificar a conformidade dos indicadores dos padrões RTRS.

Como produtor que foi auditado e com relação à metodologia para o levantamento de informações durante a auditoria de escritório, Agustín Mossini, representante da produtora argentina Planisferio S.A. expressou: “No início, pensamos que a auditoria de escritório seria difícil, mas acabou sendo mais simples do que nós esperávamos e não houve grandes diferenças na hora de mostrar a conformidade com os indicadores do padrão”. E Samaycon Gonçalves, responsável pelas certificações da FAPCEN, do Brasil, disse que o “processo de verificação veio reforçar a ideia que a certificação RTRS é uma grande ferramenta de gestão para tomada de decisões e resoluções de problemas, além de manter o controle e organização do sistema que envolve todos os princípios aplicados pela RTRS”.

“A certificação RTRS sendo aqui para nossa região, a melhor das ferramentas utilizada para interação de todos os setores da comunidade focando num único objetivo, a melhoria contínua no solo da propriedade mais do que do território em que ela se encontra inserida”, acrescenta Samaycon Gonçalves, acerca da relevância da recertificação.

Certificados RTRS
Os certificados RTRS têm cinco anos de validade. Durante esse período, o produtor é auditado uma vez por ano para vigilância ou seguimento. No último ano de validade do certificado, o produtor pode fazer a recertificação através de uma nova auditoria que verifica mais uma vez a conformidade dos indicadores do padrão e emite um novo certificado.

 

                   

Mostre mais